Conversas à Janela . Jardins e Espaços Públicos com Aurora Carapinha

Aurora Carapinha fala-nos de jardins e paisagens e da relação destes com sistemas naturais e a humanidade. O jardim como o lugar da experiência, um laboratório de ensaio de estratégias e técnicas, onde a humanidade vai aprendendo a criar representações da paisagem ideal e, por tal, nunca alcançável porque “perfeita”, sempre com desejo de modificá-la para tornar possível esse lugar onde todos nos reconhecemos. A construção e identidade dos jardins faz-se por via duma linguagem cultural própria, suscetível de diferentes abordagens e interpretações, onde se pode fazer a apologia da inutilidade, levando-nos a uma dimensão em que quietude e inquietude coexistem numa criação onde se busca o prazer sensitivo e o encontro com o “eu” e o “mundo”. 

CONVERSAS À JANELA | Jardins e espaços públicos com Aurora Carapinha
https://malvada.art/wp-content/uploads/2022/06/podcast_conversas-a-janela-Aurora-Carapinha_1.mp3
Podcast CONVERSAS À JANELA | Jardins e espaços públicos com Aurora Carapinha

É através do jardim que os sistemas se (auto)regeneram e revitalizam, num ciclo de produção, proteção e recriação. O tempo constrói a imagem da paisagem e do jardim, fazendo sentido que se criem propostas que respondam a necessidades e contextos do presente e que reflitam a sua relação contemporânea com os sistemas sociais, ecológicos, económicos e culturais. Os jardins são uma resposta da humanidade à necessidade de interação com os outros sistemas naturais, referência para a transformação da paisagem que se almeja como concretização do espaço de equilíbrio, de sociabilidade e de encontro, de “chão comum”.A Malvada Associação Artística em parceria com o Gerador – Plataforma Independente de Jornalismo, Cultura e Educação, apresenta a primeira das cinco Conversas à Janela, no âmbito do ciclo de reflexão do projeto de cruzamento disciplinar Planta, com criação e direção de Ana Luena e José Miguel Soares.

A Malvada Associação Artística em parceria com o Gerador – Plataforma Independente de Jornalismo, Cultura e Educação, apresenta a primeira das cinco Conversas à Janela, no âmbito do ciclo de reflexão do projeto de cruzamento disciplinar Planta, com criação e direção de Ana Luena e José Miguel Soares.

Os temas das cinco conversas versam sobre Jardins e Espaços Públicos, Paisagens transgénicas, ‘Ma’: Espaço comunicativo de eventuais relações, Abnegação e extrativismo, Pensamento utópico, com os oradores Aurora Carapinha, Álvaro Domingues, Michiko Okano, Gisela Casimiro e Fátima Vieira, moderados por Leonel Alegre. 

Todas as sessões têm interpretação em Língua Gestual Portuguesa.

Criação e direção Ana Luena e José Miguel Soares Moderação Leonel Alegre Interpretação Língua Gestual Portuguesa Hands Voice Música Genérico Zé Peps Assistência de produção Beatriz Ourique Assistência de comunicação Juliana Fonseca Design gráfico Joana Areal Parceria GERADOR – Plataforma Independente de Jornalismo, Cultura e Educação Coprodução Município de Évora, Teatro Municipal de Bragança, Teatro Municipal de Vila Real Residência de coprodução Espaço do Tempo Parceiro institucional Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo Produção Malvada Associação Artística Mecenas Gama Uno Apoios Logísticos _ARTERIA_LAB – Universidade de Évora, Museu da Paisagem, Junta de Freguesia dos Canaviais Cofinanciado por  Alentejo 2020, Portugal 2020, Fundo Social Europeu | União Europeia, IEFP, Compete  Organização e Produção Malvada Artística

Exit mobile version
%%footer%%